Home | News e Eventos | Sobre a Fundação | Links | Fale Conosco | Mapa do Site | English   
  Home Marfan Brasil
Tudo sobre
Marfan
Pesquisas e
Tratamento
Vivendo com
Marfan
Médicos e
Profissionais
Dúvidas
e FAQ
Bate
Papo
Material de
Divulgação
 
 



Home > Vivendo com Marfan > Exercícios Físicos > Dicas para atividades físicas

Dicas para atividades físicas
Exercícios físicos são importantes para portadores da síndrome de Marfan, pois proporcionam uma sensação física e psicológica de bem-estar, aumentam a densidade dos ossos e freqüentemente levam a mudanças benéficas de estilo de vida, tais como parar de fumar, moderar o consumo de álcool e melhorar a alimentação.

É essencial conversar com seus médicos sobre esportes e atividades que são seguros para você e também a forma de monitoramento do seu nível de esforço para que as atividades físicas sejam sempre seguras enquanto você as pratica.

Gosto de atividade física, como posso adequá-las ao meu quadro de saúde?

  • Pratique exercícios de baixo impacto e baixa intensidade, pois nestes há um balanço entre a necessidade dos músculos e a capacidade do corpo de fornecer oxigênio para os mesmos. Se você pode conversar ao mesmo tempo que está se exercitando, sem ficar cansado, você está no limite correto.

  • Evite exercícios de musculação com grande carga de peso, pois há aumento da pressão sanguínea que pode afetar o coração e a aorta.



  • Proibidos:

  • Basquete, boxe, futebol, artes marciais, esqui aquático, hóquei sobre patins, rodeio, baseball, andar rápido de bicicleta, andar a cavalo, skate, esquiar no gelo, squash, vôlei, dança aeróbica de alto impacto, correr rápido, musculação, tênis.


  • Permitidos, desde que sem competição e exaustão:
    Dança aeróbica de baixo impacto, dança de salão devagar, andar de bicicleta devagar, nadar devagar, jogar golf, jogar boliche, caminhar, pescar, ping-pong


  • Tome cuidado com a intensidade mesmo dos exercícios permitidos, Ex: andar de bicicleta devagar é diferente do que competir num triatlon que seria proibido para um portador de síndrome de Marfan.


  • Muitas pessoas com a síndrome de Marfan tomam beta-bloqueadores para reduzir a pressão na aorta. Essa medicação diminui a pulsação quando estamos sem fazer exercícios e quando estamos fazendo exercícios ele faz com que seja mais difícil atingir um certo nível de condição física que poderia prejudicar a aorta.


  • marfan nadando

  • Pessoas que tem válvulas artificiais no coração normalmente tomam anticoagulantes. Essa medicação afina o sangue e aumenta o risco de hemorragias internas. Pessoas que tomam anticoagulantes devem evitar esportes que tenham contato físico e qualquer atividade com risco moderado de atingir a cabeça ou abdômen. Capacetes de alta qualidade devem ser usados quando se esta andando de bicicleta.


  • marfan andando de bicicleta
  • De preferência para exercícios onde não haja competição e que não sejam exaustivos. Escolha esportes onde você possa descansar quando quiser ou quando se sentir cansado e que não tenham paradas bruscas ou mudanças repentinas de direção e também que não tenham contato físico com outros jogadores, com equipamentos ou com o solo.


  • Escolha uma atividade que você goste e que possa praticar 3 ou 4 vezes por semana por 20 a 30 minutos. Se tempo for o problema, três sessões de 10 minutos são tão eficientes quanto uma sessão de 30 minutos.


  • Fique num nível aeróbico de trabalho (cerca de 50% de capacidade). Se você estiver tomando beta-bloqueadores, mantenha a pulsação em menos de 100 batidas por minuto. Se você não estiver tomando beta-bloqueadores mantenha a pulsação em menos de 110. Dica: muitas vezes é mais fácil sentir a pulsação no pescoço do que no pulso.


  • Família Marfan no parque

  • Quando tiver que carregar várias coisas de peso total elevado, faça várias viagens e carregue-as parcialmente, não carregue tudo de uma vez e inspire quando estiver levantando algo.


  • Evite atividades como musculação e escalada de trechos íngremes.


  • Múltiplas repetições utilizando um peso leve são melhores do que poucas repetições com pesos mais pesados.


  • Não teste seus limites. Isso é particularmente difícil para crianças durante as aulas de educação física na escola e para pessoas que já participavam em competições.


  • Evite atividades que tenham mudanças bruscas na pressão atmosférica, tais como mergulho de profundidade, escalada em montanhas, voar em aviões despressurizados.